É a técnica de destruição térmica a alta temperatura em fornos de fabricação de clínquer (principal matéria-prima do cimento), com aproveitamento de conteúdo energético e/ou fração mineral, sem a geração de novos resíduos e contribuindo para a economia de combustíveis e matérias-primas minerais não-renováveis.

Através do processo de blendagem, ocorre a revalorização energética, transformando o resíduo em combustível alternativo para ser destruído termicamente em fornos de Cimento.

Principais resíduos coprocessáveis:

  • Substâncias oleosas;
  • Catalisadores usados;
  • Resinas, colas e látex;
  • Pneus e emborrachados;
  • Madeiras contaminadas;
  • Tintas e solventes;
  • Borrachas e plásticos;
  • Lodos de ETE;
  • Terras contaminadas;
  • Papel e outros;
  • Refratários;
  • Resíduos específicos (sob consulta);